O uso de DDG na alimentação animal

Frente à necessidade de uma alternativa viável para abastecer o mercado de combustíveis no período de entressafra de cana-de-açúcar, produzir etanol de milho tornou-se excelente saída para agricultores, possibilitando o escoamento da produção o ano todo e reduzindo os custos fixos da produção. 

Como coproduto desse processamento é obtido o DDG, resíduo do esmagamento do milho em grão nas usinas de etanol de milho, que, devido à excelente relação custo-benefício, ganhou terreno na produção pecuária, atuando como substituto a esse cereal e à soja na composição das dietas animais. 

Utilização do DDG na dieta de bovinos 

Coproduto da produção de etanol, o DDG (Dried Distillers Grains — Grãos Secos de Destilaria) é  proveniente da fermentação de grãos, mais comumente, o milho. 

Os grãos de destilaria, nome pelo qual esses alimentos também são conhecidos, podem ser utilizados como fonte energético-proteica, protéica ou energética na composição de diferentes dietas, tanto para ruminantes como para monogástricos. 

Com o aumento frequente nos custos de produção, em função da seca severa e da alta do dólar, que favorece a exportação, produtores brasileiros enfrentam em suas propriedades, além dos desafios diários dos manejos das fazendas, custos de produção cada vez mais altos. 

Frente a essa realidade e ao excelente custo-benefício dos coprodutos das indústrias de etanol de milho têm se mostrado uma excelente alternativa na suplementação da dieta dos bovinos. 

Quais são as principais vantagens no uso de DDG na alimentação animal? 

  • Alto teor de proteína bruta, variando de 30% a 40%, podendo substituir o farelo de soja, por exemplo. 
  • Bons níveis de energia em sua composição, possibilitando seu uso também como concentrado energético. 
  • Por ser rico em fibras e pobres em amido (1% de amido residual), diminuem episódios de acidose ruminal, um problema comum em dietas “quentes”, na qual a proporção de concentrado é muito superior à de volumoso. 
  • Melhor custo-benefício na comparação com outros alimentos energéticos proteicos. 

Qual é o alimento mais adequado para a minha propriedade: DDG? 

Em função da facilidade de armazenamento e transporte, o DDG é uma opção mais viável, principalmente àquelas propriedades localizadas em regiões distantes das grandes usinas de etanol de milho. 

Por conter em sua composição 10 a 12% de umidade, o produto pode ser armazenado nos barracões e expostos ao ar, sendo, inclusive, utilizado como suplementação de animais a pasto, revelando-se uma importante ferramenta nutricional em tempos de seca severa e aumento de custos.  

A JPA Agro atua há mais de 10 anos auxiliando clientes de maneira completa, conectando produtores a clientes finais e orientando nas melhores tomadas de decisão. É possível comprar uma linha completa de insumos para nutrição animal  de forma online e totalmente segura.  

Conte com nosso apoio. Clique e faça sua cotação agora mesmo.

com ❤ por